CONTADOR DE VISITAS

Loading...

Páginas

quinta-feira, 18 de maio de 2017

MOMENTOS...

CANTAR


"Pus-me a cantar minha pena 
Com uma palavra tão doe 
De maneira tão serena 
Que até Deus pensou
Que fosse felicidade e não pena...

Cecília Meireles. "



MOTIVO

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa
Não sou alegre nem sou triste
Sou poeta

Irmão das coisas fugidias
não sinto gozo nem tormento
atravesso noites e dias no vento

Se desmorono ou se edifico
se permaneço ou me desfaço,
não sei, não sei, não sei se fico, ou passo.

Sei que canto e a canção é tudo.
Tem sangue eterno e asa ritmada.
E um dia eu sei que estarei mudo
- mais nada
Amanhã estarei mudo, mais nada....EU CANTO.

Cecília Meireles






Na parede de um botequim de Madri na Espanha, um cartaz avisa: 
PROIBIDO CANTAR. 
Na parede do aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro, um aviso informa: 
É PROIBIDO BRINCAR COM OS CARINHOS PORTA-BAGAGEM
ou seja: AINDA EXISTE GENTE QUE CANTA e AINDA EXISTE GENTE QUE BRINCA...

Eduardo Galeano





Paz profunda a todos....

terça-feira, 16 de maio de 2017

A paixão pelo TAE-KWON-DO



20 de Abril de 1994 - Completo em 2017 exatos 23 anos dedicados aos estudos e treinamentos desta nobre arte, o Tae-Kwon-Do. Uma das minhas maiores paixões e uma filosofia de vida... 

Kiunhê. Gansa Ram!!! Minha eterna gratidão ao meu saudoso mentor Grão Mestre Park. Paz profunda a todos. Hamilton H Siqueira.














terça-feira, 7 de março de 2017

MULHER - UM PRESENTE DA NATUREZA - SALVE 08 DE MARÇO



" 107 anos do dia Internacional da Mulher..."


Você já parou para perguntar porque existe o Dia Internacional da Mulher? Não se nasce mulher: torna-se. " Simone de Beauvoir... Deixo através deste estudo que realizei a minhas sinceras homenagens a você “Mulher”... Porém os relatos da conquista da Mulher em uma época passada onde o preconceito e a discriminação era o que predominava diante de uma sociedade machista, nos reportam a uma história triste, de dor e sofrimento. E por isto neste 08 de Março, não poderia deixar de registrar algumas palavras em homenagem a maior de todas as poesias, a maior de todas as belezas naturais, a maior de todas as invenções de Deus, as mulheres. Parabéns a todas, em especial, as mulheres de minha vida.


Neste meu relato do dia Internacional da mulher com base em pesquisas e interpretações próprias, pretendo chamar a atenção para a importância do papel da mulher na sociedade e para a sua dignidade, levando a uma consciencialização do seu valor, como pessoa, contestando e revendo preconceitos e limitações que lhes vêm sendo impostos. Com um simbolismo único que justifica a sua existência e celebração. Porém ainda uma data muito indagada pela falta de informação de alguns elementos do sexo oposto, sobre o porque da não existência de uma data similar para os "homens". Então neste dia de extrema importância, apresento uma pequena matéria que acredito possa elucidar aos ainda “maus informados", sobre a importância na vida de todos nós de um ser tão divino chamado "MULHER". Paz Profunda hoje e sempre .'. Hamilton Henrique Siqueira.


"Fortes como uma parede de tijolos mas sempre com o coração a flor da pele!"


Neste "post" entre grandes mulheres retratadas, citarei o exemplo de Helen Keller (Lions Clubs International) uma mulher cega que desde a mais tenra idade, se mostrava um exemplo de determinação.

HISTÓRIA DO DIA 8 DE MARÇO

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de tralbalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.


A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.



Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Na verdade, a mulher não precisa de um dia específico, de uma data pré-estabelecida, o seu dia, são todos os dias, pois estão vivas e são atuantes independentemente de dia, na verdade, nunca têm folga! Mesmo vivendo nessa dura realidade, ela não deve perder o seu romantismo. Deve saber transformar a rotina do seu dia-a-dia, numa sucessão de novidades e descobertas, nunca desistindo dos seus sonhos. Mesmo quando estiver fraca, deve se mostrar forte e lutar sempre pela sua independência. Deve de tudo tirar uma lição de otimismo, pois em cada erro que ela cometer, é um ganho de experiência, para se transformar numa tentativa de um futuro acerto, pois errando, se aprende também. Deve ser resistente nas intempéries da vida, pois ela própria é vida, tem vida e gera vida, sendo assim, sabe a noção exata do que significa a palavra "AMOR" e "AMAR".

A mulher, com o seu jeitinho, e a sua delicadeza, soube galgar e conquistar o seu degrau na escada da vida, que inclui o seu lado profissional, o seu lado familiar e o seu lado pessoal. Assim sendo, ela nunca deve tentar se impor pela força, querendo mostrar "igualdade" com os homens, pelo contrário, ela deve fazer questão de ser sempre o "sexo frágil" e ter consciência, que "fragilidade", não significa fraqueza. Essa "fragilidade" na verdade, significa "sensibilidade". A mulher inteligente, deve fazer questão de ser tratada e considerada com um "vaso mais frágil", para ser tratada com respeito, com carinho, com amor, com cuidado,e é nesse momento que ela mostra a "força" que tem. Ser forte, não significa gritar, para ser ouvida e para chamar, se isso pode ser feito com uma voz doce e carinhosa. segundo domingo do mês de maio (dia das mães), não somente no dia das avós (que é mãe e mulher duas vezes), Mas sim, viva a mulher, todos os dias, todas as horas, todos os minutos e todos os segundos, porque a "mulher" é sempre "mulher" todo o tempo.

Paz Profunda a todas MULHERES. Hoje e sempre ...


"...A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova. - Leon Tolstoi..."

Aqui deixo minha homenagem especial as mulheres que são verdadeiras "Guerreiras" e que podem ser citadas como exemplo de luta e determinação.



Uma grande mulher, minha doce "Ray" ou Dona Raimunda, minha querida Mamis, uma guerreira que usa como armadura sua humildade.
Sua eterna benção minha mãe...


Rosilene (Rosi), uma mulher que respeito principalmente pela mãe exemplar que é (sua total dedicação a Mary) e incontestável profissional que se tornou. Uma guerreira que usa como armadura sua da Determinação.

"...Não se nasce mulher: torna-se. " Simone de Beauvoir




Grandes mulheres ...

Um abraço especial a todas as mulheres que Deus me permitiu conhecer e admirar. A todas a minha homenagem...



Fontes de pesquisa: hhsblog, Wikipédia, Globo, BBC e sites livres

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

AÇÕES NA CIDADE DE CONSELHEIRO PENA

CONSELHEIRO PENA - MINAS GERAIS



Agora, chegou a vez de Conselheiro Pena! A bela e hospitaleira cidade de Conselheiro Pena localizada na região do Vale do Rio doce, distante 300 km de minha João Monlevade, detentora de uma importância impar em nossa história, permeada por passagens, relatos e feitos que foram primordiais na construção deste estado diamante, nossas Minas Gerais. 
Como visitar uma cidade, sem conhecer um pouco de sua história? 
Com este intuito, realizei estudos e me encantei com o que aprendi. Consegui vislumbrar com exatidão o seu peso histórico, como região, desde a então Freguesia de Cuieté, Vila do Carmo, à Vila Lajão. Fatos que registram a presença dos primeiros habitantes, representados por indígenas das tribos dos Botocudos, ou pela tese que confirma a descoberta da primeira pedra de ouro oficial de Minas Gerais, pelo paulista Antônio Rodrigues Arzão, na época do Cuieté. 
Relatos que marcam traços da “Conjuração Mineira” preâmbulos do processo da independência de nosso País, na presença de inconfidentes como o poeta Cláudio Manoel da Costa, que elucida estas terras, no poema ‘Vila Rica’ imortalizando o Ouro de Arzão e o Botocudo do Cuieté''. Ou, da influência da igreja católica na figura do padre Domingos da Silva Xavier, irmão de Tiradentes, responsável pela construção de uma capela naquele arraial de Cuieté, sendo a primeira a ser erguida no Sertão do Rio Doce''. Cidade de riquezas naturais, como o Parque Estadual dos Sete Salões, uma das principais reservas ambientais de Mata Atlântica da região do Vale do Rio Doce, que possui um complexo de montanhas, matas, cachoeiras, e grutas com registros paleontológicos marcados por pinturas rupestres dos primórdios de nossa existência, a Serra da Onça e a Serra do Padre Ângelo, com suas montanhas propícias à prática de esportes radicais e tantos outros atrativos. Enfim, além de tudo isto, o melhor, o seu “povo”, a sua “Gente” e, que gente maravilhosa!
E foi neste cenário, com estas características e personagens, que através da soma de esforços dos Companheiros Leões do Lions Clube de Conselheiro Pena, em especial pelo compromisso de sua presidente CaL. Enilda, e suas guerreiras Shirley e Katiane Vasconcelos, com amparo do querido PDG.(Ex Governador do Distrito) CL. Clébio Chaves e sua companheira Delfina, que iniciamos as primeiras etapas para atividades de mobilização social e trabalhos com Jovens, com palestras na Escola Estadual de Conselheiro Pena, bem como, reuniões de alinhamento para fomento e criação do COMAD com parceria da PMMG, através de sua Comandante Tenente Thais que nos prestigiou em todos os momentos.













Momentos únicos, marcados por companheirismo, carinho e amizade.
Obrigado meus irmãos e companheiros do Lions Clube de Conselheiro Pena. Deixo um agradecimento especial a você querida irmã/amiga CaL. Enilda e sua linda família pela calorosa acolhida. Obrigado a todos CCLL, lembrando de Clébio, Shirlei, Katiane, Delfina, Dalton e sua namorada Vanessa, a querida Regiane e sua filha Samila, e a tantos outros, que me permitiram dias regrados por boas prosas, doces sorrisos, e uma convivência muito salutar, que me brindou com mais um capitulo na minha eterna construção de vida, que é me tornar um “Ser Humano” melhor através do meu servir. Até Breve!
Paz profunda

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Dia do Estudante. Palestra no Colégio Kennedy - João Monlevade

Dia do Estudante

No último dia 11/08/2016, realizei no auditório do Colégio e Faculdade Kennedy, palestra para jovens adolescentes com o tema " A adolescência e a nova onda - Uma abordagem para a vida!". A palestra foi articulada através do Lions Clube de João Monlevade Sobral tendo dois objetivos: 1º. Comemoração do Dia do Estudante e o 2º. como ação voltada para Jovens e Lions Quest do Lions Internacional. 
O evento contou com a presença de diversos convidados além da participação ativa de cerca de 150 alunos do colégio. Agradeço a presidente do LCJM Sobra CaL. Rose Machado pela confiança, aos CCLL.PDG. Fernando Barcelos, CL. Paulo Roberto Reis e Simone Reis, ao meu amigo Hélder Andrade, que tão carinhosamente me prestigiaram. Ao colégio Kennedy pela oportunidade e a todos os alunos, elecando minha querida Júlia Bicalho que atentamente me brindou com a sua presença e a minha sempre apoiadora Rosilene Campos. Missão Dada. Missão cumprida!. Paz Profunda.
 



sexta-feira, 24 de junho de 2016

VISITA AO MUSEU DE CABANGU - SANTOS DUMONT - MG



Com todo carinho meus caros(as) compartilho com vocês, um dos momentos mais instrutivos e emocionantes que vivi em meus já, vão lá, cinquenta e bem vividos anos de vida.
Durante o meu ciclo de viagens a várias cidades da Zona da Mata Mineira, na sexta feira (24/06), na parte da tarde, após minha chegada de Juiz de Fora em visitas profissionais a Arcelor Mittal e a MRS Logística, aconteceu um momento não planejado e totalmente informal que me marcou profundamente, o convite das Companheiras Denise Caldas e Maria Lúcia na companhia do querido Fillipe, para visitar o museu de Cabangu, que era a residência oficial aqui em Minas Gerais, local de nascimento e de grande parte da vida, de um dos maiores cidadãos brasileiros de todos os tempos, um “certo” SR. ALBERTO SANTOS DUMONT (1873/1932), considerado internacionalmente com um dos maiores inventores do século XX, com o título do “PAI DA AVIAÇÃO”. O museu que fica incrustado em uma linda grota, na Serra da Mantiqueira da zona da mata de nossas Minas Gerais, fica distante a apenas 16 quilômetros do centro da cidade de Santos Dumont, em área de mata preservada com lindas arvores centenárias, lagos, jardins, e o melhor, tendo como centro das atenções, a “casa original” mantida através dos esforços de entidades em conjunto com a aeronáutica e liderados pela “guerreira”CaL. Mônica Castelo Branco, curadora da Fundação Casa de Cabangu, que nos possibilita conhecer um pouco da vida simples que nosso Santos Dumont adorava ter, quando estava em nosso pais. O seu lado de criador de gado, parte de seus inventos, os móveis e objetos originais, documentos e fotografias da época que registram suas tudo, desde as invenções e sucessos, a seus ideais. entre os inventos destaque para a replica dos famosos14 Bis e Demoiselle. Local marcado não apenas pelo seu nascimento, mas, também com uma tentativa de recuperação para uma esclerose múltipla que o acometeu infelizmente resultando em seu fim nesta vida.
Me encantei também pela explicação dada pela curadora Mônica Castelo Branco. sobre a origem do nome Cabangu, citando 02 motivações: 
**A primeira, um tanto folclórica, vem da transformação da frase "Acabou o angu", usada pelos antigos moradores na época da construção da ferrovia na região, que com o decorrer do tempo transformou-se em Cabangu.
**A segunda, cuja etimologia seria originária do tupi-guarani, nome do início da região da Mantiqueira: "Caa (mata) / bangu (escura).
**E através de pesquisas que realizei, existe uma terceira que seria um local onde residia, na época da Inconfidência Mineira, um caboclo que teria como sobrenome "Cabangu".





















Obrigado, cidade de Santos Dumont! Obrigado CCLL., Mônica Castelo Branco, Denise Caldas, Maria Lúcia Abreu, Neymar Silva e Fillipe pela oportunidade de vivenciar parte da história e vida deste mineiro que tem que ser, assim como outros elencados pelos meios históricos, “Orgulho” de nosso estado e país, e ainda, merecedor de um melhor apoio e reconhecimento de nossas autoridades, que precisam efetivar projetos para liberação de recursos que possibilitem a manutenção deste precioso acervo histórico.
Paz profunda a todos!



CL. Hamilton Henrique Siqueira